NEWS A.CELLI:

Nossa NOVIDADE A.CELLI para você é esse Blog! Adicionaremos fotos de nossas semi joias, tendências de Moda e Decoração, fotos de nossas Top Amigas e Clientes usando as"obras de arte" A.CELLI"e muito mais!!

Clique em "Seguir" aí em cima para ficar sempre atualizada com nossa página!
Aguardamos seu cadastro no Blog e suas sugestões! SUCESSO SEMPRE! Garotas A.Celli

10 de dez de 2010

INFORMAÇÃO - PEDRAS e GEMAS

PEDRAS e GEMAS - Conceitos,nomes,tratamento,lapidação...
Muita gente tem a CURIOSIDADE de saber informações sobre as pedras  usadas para fazer jóias e semi jóias,então tentarei explicar um pouco sobre elas aqui.
A pedra preciosa é um mineral de brilho e coloração especiaL, valioso por sua raridade e dureza, e que se lapida para ser usado em joalheria. "Por causa de sua dureza, as pedras significam um símbolo de poderes eternos e divinos. Representam também a terra, a solidez e tudo o que é concreto..."
Uma gema pode ser um MINERAL, ROCHA (como a lápis-lazúliOU MATERIAL PETRIFICADO que, quando lapidado ou polido, é coleccionável ou usável para adorno pessoal em joalheria. OUTROS SÃO ORGÂNICOS, como o âmbar (resina de árvore fossilizada) e o azeviche (uma forma de carvão).Outras gemas de origem não mineral são o coral, as pérolas e o marfim. Algumas gemas, embora valiosas e bonitas, não são suficientemente duras ou são frágeis demais para serem usadas em joias (por exemplo, rodocrosita), mas são exibidas nos museus e procuradas por colecionadores.
Tradicionalmente, as gemas mais comuns eram classificadas em PEDRAS PRECIOSAS e em PEDRAS SEMIPRECIOSAS ,mas somente cinco tipos de gemas foram consideradas preciosas: diamante, rubi, esmeralda, safira e ametista. Hoje em dia, TODAS AS GEMAS  SÃO CONSIDERADAS PRECIOSAS, Não existem mais pedras semipreciosas. A preciosidade de uma pedra ou melhor chamada, “gema” é determinada por 4 fatores de raridade: cor, pureza, lapidação e peso.

#Aqui vai uma lista de algumas gemas,clique para ampliar:


#OS TRATAMENTOS DADOS ÀS GEMAS:
As gemas são muitas vezes tratadas para realçar a cor e a transparência. Dependendo do tipo e extensão do tratamento, estes podem afectar valor das gemas. Alguns tratamentos são muito usados e, na prática, aceitáveis enquanto outros não o são.Vejamos tipos de tratamentos:

-CALOR: Quando aquecidos, os topázios branco e amarelo apresentam vários tons de rosa.
-RADIAÇÃO: 99% das pedras de topázio Azul encontrado no mercado são pedras tratadas através de radiação. Trata-se de um tratamento estável e totalmente aceito pelo mercado visto que as pedras azuis de topázio apresentam na sua maioria uma grande quantidade de inclusões. Dependendo do tratamento o lote de pedras permanece entre um a três anos no laboratório que efetuou o tratamento esperando ate perder o nível de radiação e poder ser comercializado.
-CERAS E ÓLEOS: As esmeraldas contêm fissuras naturais que por vezes são preenchidas com óleo de origem mineral ou resina tipo Opticon de forma a disfarçá-las. Este tipo de tratamento é bastante utilizado no comércio de esmeraldas. Já o tratamento com óleo ou resina com pigmentação verde é considerado uma falsificação. De qualquer forma depois de algum tempo e algumas agressões típicas do uso constante da jóia, este material (óleo) tende a secar e as fissuras voltam a aparecer desvalorizando o material
-REVESTIMENTOS: Mais recentemente, algumas gemas são melhoradas através da utilização de um revestimento que altera a sua cor e aparência. Por exemplo, o topázio é por vezes tratado com uma camada de dióxido de titânio, que altera a cor do topázio para dourado com alguma iridescência. Este revestimento não é permanente e pode ser danificado.
-GEMAS ARTIFICIAIS E SINTÉTICAS: Gema sintética é aquela produzida em laboratório, mas que existe na natureza; a gema artifical também é produzida em laboratório, mas não é conhecida na natureza. Algumas gemas são manufacturadas para imitar outras gemas. Por exemplo, a zircónia cúbica é um substituto artificial do diamante. As imitações copiam a aparência e a cor da pedra real mas não possuem as mesmas características químicas e físicas. Porém, as gemas sintéticas não são meras imitações, já que são produzidas usando gemas naturais, através de recristalização. Por exemplo, o diamante, o rubi, a safira e a esmeralda podem ser produzidos em laboratório, com características químicas e físicas idênticas às dos materiais naturais.
Há muitos anos que se produzem em grande quantidade diamantes sintéticos de pequeno tamanho para serem utilizados em abrasivos industriais. Apenas recentemente foram produzidos diamantes sintéticos de maiores dimensões com qualidade de gema, especialmente variedades coloridas.

#Aqui Uma seleção de seixos de gemas (polidos por abrasão em tambor cilíndrico):
1-Turquesa, 2-Hematita, 3-Crisocola, 4-Olho de tigre,        
 10-Malaquita, 11-Quartzo rosa, 12-Obsidiana, 13-Rubi,         
18-Lápis-lazúli


#TIPOS DE LAPIDAÇÃO DE GEMAS:
LAPIDAR é cortar a superfície de uma gema em diversas faces planas conhecidas como facetas. Esta técnica requer uma grande experiência do artesão ou lapidador, cujo objetivo é mostrar as melhores características das gemas, levando em conta sua cor, clareza e peso.
Existe um número enorme de formas derivadas dos tipos básicos de lapidação. Elas podem ser redondas, ovaladas, cônicas, quadradas (carré), retangulares, baguettes, triangulares e multifacetadas. Adicionalmente, existem formas que imitam figuras já conhecidas, como uma pêra (gota), navete, coração, trapézio ou barril. Há ainda as lapidações fantasia e novas formas que estão sempre surgindo da imaginação dos “designers”.
A lapidação brilhante é a mais popular entre as gemas, particularmente as incolores, pois garante que o máximo de luz seja refletido para fora, criando o efeito “brilhante”.
Já para as gemas coloridas, a lapidação degrau é vantajosa, pois neste tipo de lapidação, os cantos das gemas frágeis podem ser removidos, como é o caso das esmeraldas.
Há também a lapidação mista, normalmente arredondada no contorno da gema combinando a lapidação brilhante e degrau. As safiras, rubis e a maioria das pedras coloridas transparentes são lapidadas neste estilo.
Algumas gemas como a ágata são opacas e pedem outro tipo de lapidação: a lisa. A lapidação lisa não interrompe a superfície da pedra, tornando-a plana ou convexa, como um cabochão ou uma esfera.
(Fontes: Blog Pedra Mística,Tudo jóia,GOOGLE...)
            by ANALÚ

Um comentário:

  1. Queria saber como saber se uma pedra tem valor... Meu a vó morava em diamantina e ele tem umas pedras guardadas e umas na coroa de uma santa antigamente eles lapidavam muito como posso saber se tem valor..

    ResponderExcluir